terça-feira, 21 de junho de 2011

Mulheres inteligentes, relações saudáveis


Este é o título do mais novo livro de Augusto Cury e que eu estou tendo o prazer de realizar a leitura.Logo no início um trecho chamou minha atenção quanto a forma como devemos encarar nossas relações humanas:
" Você pode conviver com milhões de máquinas e não sofrer nenhuma frustação, mas, se conviver com um ser humano, por mais que o ame, haverá decepções imprevisíveis e frustrações inesperadas.
Outro trecho que gostei e queria compartilhar:
" As mulheres que não quiserem passar por estresses nas relações sociais não devem escolher um parceiro, amar, ser mãe, educar,trabalhar em equipe, conviver com amigos e participar de eventos. Devem viver isoladas, ilhadas,sem contato social. Mas saibam que, mesmo ilhadas, não se isentarão de dificuldades. Por quê? Porque o ser humano é mentalmente tão evoluído e, ao mesmo tempo, tão complicado que, quando ele não tem problema, os cria."
Aprendemos a cada dia a conviver para buscar ser melhor e melhorar nossas relações. Como tenho percebido quando ainda me falta a aprender, tem tanto área da minha vida em que preciso ser melhor... E olha que quem me conhece sabe que já trilhei uma bela estrada...mas nesta vida é necessário caminhar. No entanto parafraseando Renato Teixeira posso dizer " Ando devagar, porque já tive pressa, e levo este sorriso, por que já chorei demais... Ainda choro, mas hoje menos que antes, pois HOJE ME SINTO MAIS FORTE, MAIS FELIZ, QUEM SABE, SÓ LEVO A CERTEZA DE QUE MUITO POUCO SEI...OU NADA SEI...

4 comentários:

Pati Eça disse...

É isso ai Pete, vivendo e aprendendo sempre, e eu sou testemunha do quando você já aprendeu, reciclou, melhorou, amadureceu, enfim...
Cury como sempre um show a cada obra.

Beijos comadre

Lari disse...

Veu, tô doida pra ler tbm esse livro.
Que bom que a gente ta sempre aprendendo né...

bjo, saudades!

Mah disse...

"E olha que quem me conhece sabe que já trilhei uma bela estrada..."

Isso é mesmo verdade e eu fico muito feliz por vc ter conseguido chegar até aqui! Bjo

Patrícia Aguiar disse...

Veu, amei o comentário do livro e já estou morrendo de vontade de lê-lo.