quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Saudades...


Nelsinho Correia já cantou que Só se tem saudade do que é bom, Se choramos de saudade não foi por fraqueza, Foi porque amamos.
Caléo foi uma criança muito amada e desejada desde a sua concepção, seus pais cumpriram de forma brilhante o seu papel aqui na terra, tomaram conta de um tesouro valiosíssimo.
Gal e Alan, não foram pais nota dez, foram muito além, números não podem representar o empenho deles em serem excelentes pais, Caléo sabia que  dependendo de seus pais a ele nunca faltaria : AMOR.
Esse amor era tão expressivo que desde seus primeiros meses o que ele mais transbordava era o amor que recebia através de um dom “Um sorriso cativante espontâneo e verdadeiro que contagiava  todos a sua volta, fruto do amor que recebia de seus familiares.”
Nosso pequeno “super-man” sofreu sem entender, mas em meio ao seu sofrimento, nunca deixou de “sorrir” como se dissessem aos seus pais: “ Calma, eu estou aqui e protejo vocês”
Nós com nossos olhares humanos ficamos a nos questionar inúmeras vezes porque as coisas acontecem e qual propósito há nelas...
Percebi, ao ouvir um depoimento de Alan, que enquanto nós todos pensamos que Deus não ouviu nossas preces e não realizou o “milagre”, que tanto pedimos que seria a cura física de Caléo, Um grande milagre estava acontecendo ainda que na dor. Caléo conseguiu fazer com que muitas pessoas se voltassem para Deus através da oração. Quantos de nós ao receber um telefonema, já avisávamos uns aos outros e onde estivéssemos, nos uníamos aos pés de Jesus para orar. Essa fé, talvez não tenha cumprido o nosso propósito humano, mas trazer pessoas de todos os lados, de todas as crenças para estar diante de Jesus em nossos dias é um milagre acontecendo. Crianças, jovens, idosos, todos se uniam com os anjos do céu...
Não somos capazes de perceber por que o milagre não se deu como nós esperávamos.
Mas os desígnios de Deus, que são incompreensíveis aos nossos olhos e ouvidos, são variados.
A nós o pequeno Caleo ensinou coisas que adulto nenhum poderia ensinar.
Ensinou que Um sorriso cativante não custa nada e faz alguém feliz, a força, a coragem de lutar são para os que têm fé. Quanta coisa positiva, quanta alegria ele ensinou...
Sabemos Amigos Gal e Alan, quanta saudade e quanta dor devem estar no coração de vocês, mas consolem-se na certeza de que por meio do anjo que Deus os concedeu para chamar de filho, grandes maravilhas ,o Pai realizou em muitos corações. E Como disse a leitura de hoje (Romanos 8,32)
“Aquele que não poupou seu próprio Filho, mas que por todos nós o entregou, como não nos dará também com ele todas as coisas?”
Assim, temos certeza de que a dor se transformará em alegria pela certeza de que temos um anjo no céu para olhar por nós e grandes coisas Deus vez Por meio de sua presença física na terra e muito mais fará pela sua lembrança, seu sorriso e seu exemplo de força... e como dizem as crianças “ Caléo agora é uma estrelinha que brilha no céu...


4 comentários:

Lari disse...

O céu hoje ta mais bonito e feliz... Que inveja!
:(

Pati Eça disse...

Nosso pequeno agora reza por nós.

Mah disse...

sem dúvida... mais que um anjo... um santinho... um intercessor!

gal andrade disse...

Obrigada amiga pelas lindas e verdadeiras palavras...