sábado, 10 de setembro de 2011

Nostalgia em poesia


Tenho medo da nostalgia...
Ela trás uma saudade que contagia
Quando não tem mais jeito vira rima
Trazendo à vida uma nova poesia

Sinto saudade de tempos que vivi
De sentimentos que quase esqueci
Saudades de tardes quentes
Em que o meu olhar para o mundo era diferente

De pessoas que me fizeram gargalhar
Lugares que sempre hão de me lembrar
Alegrias de infância...
Singelas esperanças...

Mas o Tempo mostrou o seu poder
Avançou meus dias e me fez crescer
Diminuiu minhas energias e aumentou responsabilidades
Ironicamente deixou ficar apenas a Saudade

Hoje me restam musicas que marcaram momentos
Uma caixa acumulada de sentimentos
E uma sensação estranha de dejavu que senti
Lendo estas linhas pensei “Isso aqui eu já escrevi!”

- By Ellen Kency -

3 comentários:

Mah disse...

sou nostálgica por natureza. amo ser assim. consigo reviver o que passou mil vezes pq sinto saudade tão intensamente que todas as vezes que evoco as lembranças, materializo tudo dentro de mim... faz bem... eu acho!

bjo

Pati Eça disse...

Se deu saudade, foi porque foi bom... Nostalgia na dose certa faz bem , o difícil as vezes é saber a tal dose certa. rsrsrsrs
Beijos

Lari disse...

A saudade a gente só sente do que foi bom [2] o ruim é que ela as vezes doi...